13/09/2017

A abertura do novo ano letivo, arrasta consigo problemas velhos na Academia de Música de Lagos

Os professores dessa Academia de Música continuam com 3 meses de salários e o subsídio de férias em atraso, levando a que muitos tenham sido obrigados a suspender o seu contrato para poderem recorrer ao subsídio de desemprego.

O SPZS – Sindicato dos Professores da Zona sul, solidário com os professores da Academia de Música de Lagos, reafirma a necessidade de adoção de medidas urgentes que resolvam estes problemas, já denunciados à ACT e ao Ministério da Educação.



foto

A abertura do novo ano letivo, arrasta consigo problemas velhos na Academia de Música de Lagos

Os professores dessa Academia de Música continuam com 3 meses de salários e o subsídio de férias...